O Homem Meleca


Um poderoso Gigante chamado Nicolau morava no céu, em um majestoso castelo nas nuvens.castelo nas nuvens

Mas, nesses dias, Nicolau não estava se sentindo tão poderoso assim, pois estava muito resfriado.

Então, começou a sentir uma enorme coceira em seu narigão, aumentando cada vez mais, mais, mais…até que….

– ATCHIIIIIIIIIIIIMMMMMM!

Seu espirro foi tão barulhento que, para os aldeões de Lençolandia, pareceu um trovão!

casaMuitos até correram para se abrigar da chuva em suas casas.

E daquele espirrão saiu uma meleca que foi caindo, caindo e caindo…até se espatifar no chão.

Mas aquela meleca não tinha nada de molenga não, pois ela abriu os olhos e surgiu Peteca, o Homem Meleca!

Peteca era educado, muito esperto e quase nem tão feio assim (pelo menos para alguns), mas todos morriam de medo dele.

– Sai pra lá, seu nojento! – dizia Dona Luiza da vendinha.

– Desse jeito vai me fazer escorregar, seu asqueroso! – completava João entregador de pão.

Pobre Peteca… como se sentia chateado e solitário.

Um dia, Melina, a boa bruxa da floresta, o viu sentado em um pedra chorando e decidiu ajudá-lo.

– Olá, Peteca. Quer ser meu aprendiz?

– Mas claro, senhora! Ajudo no que precisar!

Peteca saiu correndo atrás de Melina, pulando de felicidade.

Com o tempo, tornou-se um grande aluno, aprendendo todas as artes de curas e poções para remédios que a boa bruxinha fazia.

E quem diria… com o tempo, Peteca passou a cuidar ele mesmo dos resfriados das pessoas!

Cuidava de todos na região.meleca 2 Não existia resfriado que Peteca não desfazia. Uma vez, tratou até mesmo do Rei!

Mas Peteca sentia que ainda faltava alguma coisa para ser totalmente feliz. Tinha fama, dinheiro e até mesmo amigos.

– O que faltava? – pensava preocupado

Então Peteca viu um clarão e um vulto amarelo despencou do céu!

Peteca correu apressado e respirou aliviado quando viu a princesa mais bela ao seu lado.

– Olá, me chamo Remela, a adorável donzela!

E Peteca e Remela foram felizes para sempre…

 

FI… espera aí…

 

…bem teve aquela vez que o filho deles nasceu, né…

 

Zé Mido, cera de ouvido…. nasceu surdo, o coitado… bom, pelo menos foi o que todo mundo pensou no início.

Mas, depois de um bom banho, Zé Mido melhorou e todos viveram felizes para sempre!

FIM

(Ufa! Agora sim!)

Rodrigo Lopes

Esta é uma das minhas histórias prediletas! Sempre rio quando leio!

E você? O que achou desta história? Nos dê sua opinião nos comentários abaixo! Estamos curiosos para saber! 😀

Para ler nossas outras histórias infantis, clique AQUI! Ou para baixar nosso aplicativo gratuito, clique AQUISe te interessar, temos nossa sessão PARA COLORIR com ilustrações de nossas historinhas.

Anúncios

Um comentário sobre “O Homem Meleca

  1. AimÊ carneiro escudeiro moram e Célio Aristides Pereira Moram disse:

    Essa é muito engraçada do peteca o homem meleca, nós queremos que mostre o desenho da família do peteca… Assinado seus fãs número 1: Aimê e Célio que não vai para o cemitério…..

    Curtir

Comente AQUI! É sempre uma alegria ler a sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s